Homem se rende ao botox para rejuvenescer

Na busca da beleza.

 

Homem que não se preocupa com a aparência e com a beleza é coisa do passado.  Hoje em dia, além de gostarem de moda, de se vestirem bem; se interessam também pelo universo da beleza, do culto ao corpo e ao rejuvenescimento. Para isso, venceram o medo das agulhas, e retornam fielmente às consultas para se submeterem aos procedimentos invasivos, como o botox para rejuvenescer.

Esse consumidor, o homem é altamente focado, pois uma vez que decide rejuvenescer, é absolutamente fiel e obstinado para obter e manter os resultados.  Ao contrário do que pensamos, os homens são os melhores pacientes. Sentam-se na maca de procedimento e corajosamente dizem: “Faz”. As mulheres têm um comportamento muito diferente.

Botox para rejuvenescer o homem

 

Nós médicas dermatologistas nos transformamos em consultores da vontade de rejuvenescer do homem. Por quê? Há anos oferecemos tratamento especial para o homem. As necessidades, características, discrição e mudança de hábitos tanto sociais como no trabalho (competitividade, aparência de uma pessoa bem-sucedida, que tem tempo e condição financeira para se cuidar) transformaram os costumes e necessidades dos homens, que agora querem rejuvenescer.

Homem responde mais rápido ao botox para rejuvenescer

 

A pele masculina é bastante diferente da pele feminina e responde muito rápido aos tratamentos tópicos e aos realizados em cabine (estéticos) mais superficiais. Por quê? Assim como os preenchedores, a toxina botulínica (botox) traz resultados quase imediatos e duradouros. Além disso, a pele dos homens é mais espessa e, por isso, dificilmente se percebem os pequenos pontos de sangramento (roxo) pós-procedimento.

Na hora de rejuvenescer, o que os homens querem?

 

Os homens brasileiros, na grande maioria, preferem resultados discretos que trazem um rejuvenescer discreto e, para nós dermatologistas, tratar menos a testa dá mais charme (as fotos dos maravilhosos ícones de beleza mostram que todos têm rugas na testa e, quanto mais velhos ficam, mais sensuais).

Sobre o botox

 

O uso da toxina botulínica (botox) traz um rejuvenescer natural. A segurança na escolha do produto é muito importante, pois a dose usada para o tratamento dos músculos de expressão do homem é maior do que na mulher, podendo chegar ao dobro.

Em alguns casos, são necessárias duas sessões seguidas para obter um melhor resultado de rejuvenescimento. Hoje, o paciente masculino não tem mais receio de solicitar o tratamento do “visual” diretamente ao dermatologista. Todos nós sabemos que isso não muda a “masculinidade”. Ao contrário, mostra que o homem finalmente está se dando o direito de cuidar da imagem, querendo rejuvenescer e deixando para trás a idéia de ser apenas um trabalhador que supre a família.

Metrossexual

Homens preocupados com o bem estar 

Ele não vive sem o seu shampoo predileto, faz as unhas e as sobrancelhas e adora comprar roupas. Já era o tempo em que a vaidade masculina alcançava seu ápice em uma barbearia, onde se fazia barba, cabelo e bigode. Hoje eles querem muito mais do que isso.

Nos últimos anos, houve um aumento significativo do número de salões de beleza, spas, clínicas de estética e cosméticos para agradar aos homens que estão cada vez mais preocupados com a aparência. Mas não são como os salões de beleza femininos, são locais para homens mesmo. Futebol na tevê, cerveja gelada e revistas masculinas são algumas das regalias.

O termo metrossexualismo surgiu no final dos anos 1990, e é a junção da palavra “metropolitano” (o homem que vive na cidade) com “sexual”, ou seja, metrossexual é o homem moderno que vive nas grandes cidades e que gosta de se cuidar. E isso não tem nada a ver com a orientação sexual.

Metrossexual não é um termo apenas para os homens

O escritor inglês Mark Simpson, que usou pela primeira vez o termo metrossexual em um artigo para o jornal The Independent, afirma em uma entrevista para uma revista brasileira que o termo não é apenas para os homens, mas que também existem mulheres metrossexuais. Mas, como o narcisismo feminino e a importância que a mulher dá para a aparência são bem aceitos pela sociedade, o termo acaba não sendo utilizado.

Mark afirma ainda que a crescente autossuficiência da mulher estimula o avanço da metrossexualidade masculina.”Atualmente, muitos homens se veem obrigados a cuidar de si próprios, pois já não contam com uma coadjuvante feminina sempre pronta para atender a suas necessidades”.

Gustavo Tijolo, publicitário e criador do site “Um metrossexual” tem uma longa rotina de beleza: ele faz luzes no cabelo, barba, se depila, faz sobrancelha e as unhas.”As mulheres admiram os homens vaidosos, mas o homem tem que ter cuidado para não exagerar” diz Gustavo, que conta já ter ganho até cremes da namorada. 

O analista Marcos Melin conta que tem mais cremes que a esposa. “É engraçado porque ela me incentiva, mostra as novidades em cremes e cosméticos”. A rotina de Marcos é longa, usa cremes para o corpo e cabelo, tira a sobrancelha, adora roupas, depila e faz as unhas uma vez por semana. “Cabelo sempre foi o meu foco, é onde eu perco mais tempo e tenho mais cremes”. Segundo ele, o medo de parecer homossexual faz com que os homens não afirmem que gostam de cuidar da aparência. “Existe esse machismo exacerbado, mas acho que a pessoa tem que ser o que ela é sem medo.”

Para o psicólogo Naim Akel Filho, hoje existe a necessidade social de ser aceito, amado e desejado, por isso os homens começaram a se preocupar com o que vão vestir, como está o cabelo, se a pele está hidratada. Segundo Naim, a sociedade impõe a preocupação com a aparência. Estar bonito é associado a oportunidades melhores e, consequentemente, ao sucesso pessoal e profissional.

%d blogueiros gostam disto: