Música – Ela pode diminuir o estresse

Música e emoções

Música provoca fortes reações emocionais

 

Alguma vez você sentiu um friozinho gostoso na espinha enquanto ouvia um jazz ou um trecho retumbante de uma sinfonia; enquanto dançava juntinho uma romântica balada ou quando ecoava os primeiros acordes do hino do seu time de futebol?

Está comprovado que a música e a emoção podem caminhar juntas porque os centros de prazer ativados no cérebro (hipotálamo, por exemplo) são os mesmos que os estimulados quando há uma relação sexual, ou quando há ingestão de chocolate.

A música, além de provocar fortes reações emocionais, como arrepio, riso e lágrimas, pode diminuir a resposta tanto física como psíquica ao estresse. Ou seja, ela pode provocar redução dos níveis de ansiedade, diminuição da pressão arterial e da frequência cardíaca e modificações nos níveis de cortisol e adrenalina no sangue.

Não resta dúvida que a música é uma manifestação tão antiga quanto o homem. As primeiras referências humanas à música foram obtidas de inscrições em pedra ou gravuras de instrumentos musicais em esculturas, paredes de cavernas e monumentos paleolíticos.

Na Grécia antiga a música possuía grande importância na cura e prevenção de doenças físicas e mentais. Hipócrates e Platão valorizavam seu uso para o tratamento das “perturbações do espírito”. Aristóteles acreditava que a música seria a descrição exata das emoções humanas. Ele estava certo!

Benefícios da música

Música pode aumentar a autoestima

 

Quais são os benefícios psicológicos da música? Estimular a comunicação entre as pessoas; aumentar a autoestima e a autoexpressão (por exemplo, a dança); favorecer a catarse, a introspecção, a reflexão, o surgimento de recordações, de novas sensações e emoções que muitas vezes não podem ser expressas por meio da fala ou da linguagem verbal.

Sendo assim, diversos fatores influenciam as nossas respostas fisiológicas e psíquicas frente à música: a capacidade particular de perceber e ouvir, a educação, a cultura, a situação social do momento, dentre outros.

Podemos afirmar que a música é um tipo de comunicação que possui formas, regras e tempos diferentes dos da fala. A música é uma linguagem que tem a capacidade de transmitir com facilidade as emoções e desejos mais íntimos ou até inconscientes.

A música também pode ter um efeito ansiolítico quando utilizada como “música de fundo” enquanto você executa outras atividades, como estudar, trabalhar, cozinhar, dirigir o carro naquele trânsito infernal, fazer um exercício físico, e até durante a relação sexual.

Não há dúvida de que a música traz inúmeros benefícios a mente e corpo e, para desfrutá-los, basta somente se deixar invadir por diferentes sons, quer seja da natureza, como o canto de um pássaro, ou de uma sinfonia de Mozart.

Aliás, Don Campbell, autor do livro “Efeito Mozart”, formulou uma interessante definição: “A música permite que a criança brinque, dentro de nós; que o monge dentro de nós reze, que o jovem dentro de nós dance e que o herói dentro de nós supere todos os obstáculos. ou quase todos”.

Músicas para um momento de paz

Certas músicas trazem paz e serenidade

 

Agora que você já sabe a importância da música em nossa vida, segue uma pequena lista com sugestões de obras musicais clássicas, que podem transportar você para um momento de paz e serenidade. Descubra as suas válvulas de escape musicais!

  • Concerto para Piano nº 2 em dó menor, op. 18, Rachmaninov.
  • Jazz Suite nº 2 VI. Waltz 2, Shostakovich.
  • Sinfonia nº 6 “Patética”, Tchaikowsky.
  • Sinfonia nº 9, op. 125 “Choral”, Beethoven.
  • Concerto para Piano nº 1, op. 11, Chopin.
  • Sinfonia nº 6, op. 68, Beethoven.
  • Concerto para Violino op. 35, Tchaikowsky.
  • Smile, Charles Chaplin.
  • Requiem, Fauré.
  • Pantanal Suite Sinfônica, Marcus Viana
  • Bachianas, Villa Lobos.

Relaxe e aproveite!

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: