Roteiros de ecoturismo no Brasil

Viaje na natureza!

Roteiros de ecoturismo no Brasil

A rica natureza brasileira oferece parte da estrutura necessária à prática dosesportes de aventura. A lista de lugares paradisíacos no país é extensa, por isso, separamos alguns dos principais pontos turísticos, nas diferentes regiões do país. Escolha o seu roteiro e comece a organizar a sua viagem.

Principais roteiros de ecoturismo na Região Sudeste

 Mata Atlântica/SP

São Bento do Sapucaí (SP): a região de Campos de Jordão, lembrada por seu charme invernal e seu ar saudável, abriga também uma das mais tradicionais rotas de escalada de montanhas de São Paulo. Para ver de cima o espetáculo da natureza, vale conhecer o complexo do Baú, localizado em São Bento do Sapucaí que compreende as montanhas Bauzinho, Pedra do Baú e Ana Chata.

Brotas (SP): a apenas 260 km da megalópole paulistana foram preservadas parte das matas nativas da região. O resultado é uma opção para fugir do estresse e curtir atividades como boia-cross, rafting, arvorismo e calvagadas, entre outras.

Serra da Mantiqueira (SP): o complexo abrange três estados da região sudeste: São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Formada por montanhas e picos de altas altitudes, as áreas de preservação da serra constituem verdadeiros oásis aos praticantes de esportes como o rapel, o vôo livre e o trekking.

A pequena cidade de Socorro, distante apenas 130 km da capital de São Paulo, possui como atrativo a Pedra da Bela Vista, onde é possível chegar aos 1.140 metros de altitude para contemplar a natureza.

Serra da Canastra: consiste em um parque nacional brasileiro localizado em Minas Gerais próximo às cidades de Sacramento, São Roque de Minas e Delfinópolis. Criado originalmente para a proteção das nascentes do rio São Francisco, o parque abriga inúmeras belezas naturais, dentre as quais, destaca-se a cachoeira Casca D’Anta, com 186 metros de queda d’água. Quem opta por visitar a cachoeira pode caminhar por uma trilha bem sinalizada pelo IBAMA com cerca de 3 km, o que significa quatro horas de caminhada (ida e volta) em um dos mais belos cenários naturais do país.

Serra dos Órgãos: situado no Rio de Janeiro, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos está permanentemente aberto à visitação. Mas, é entre os meses de maio e setembro que um grande número de aventureiros se reúne para a alta temporada da prática do montanhismo na região. A travessia Petrópolis-Teresópolis é considerada uma das caminhadas mais bonitas e, depois de três dias de trekking, chega-se ao ponto mais alto da Pedra do Sino e do Dedo de Deu. No percurso é comum os turistas praticarem o rapel nas cachoeiras que permeiam o caminho.

O Pico da Bandeira: localizado entre o Espírito Santo e Minas Gerais é oterceiro ponto mais alto do país, situado a quase 2,9 mil metros de altitude. A região é de fácil acesso e possui trilhas bem sinalizadas tanto para quem vem do Espírito Santo, quanto para quem chega de Minas Gerais. No inverno as temperaturas caem vertiginosamente e chegam a atingir -10º C. Para os aventureiros de plantão, a escalada é uma experiência inesquecível.

Principais roteiros de ecoturismo na Região Sul

 Cataratas do Iguaçu/PR

As Cataratas do Iguaçu/PR pertencem ao Parque Nacional das Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu (PR), e o passeio até elas pode incluir uma trilha de Jipe e um passeio de lancha até as quedas d’água. Além de contemplar a beleza indiscutível das quedas, é possível interagir com a natureza com a prática do rapel, rafting e montanhismo.

O Parque Nacional dos Aparados da Serra/R fica na fronteira entre Santa Catarina e o Rio Grande do Sul, que é delimitada pelos cânions do Itaimbezinho e da Fortaleza. Eles são os responsáveis pela atração de milhares de turistas dispostos a caminhar de três a cinco dias entre piscinas naturais, cachoeiras e belíssimas paisagens desenhadas pela fauna e flora típicas da região.

Principais roteiros de ecoturismo na Região Nordeste

 Chapada Diamantina/BA

Chapada Diamantina (BA): o norte da Bahia reserva um paraíso aos aventureiros de plantão com possibilidade para a prática de escaladas em rocha, rapel, rafting e trilhas de bicicleta ou trekking.

O Arquipélago de Abrolhos (BA) abriga em seus recifes os corais mais raros da América do Sul. Graças à proibição da pesca na região, ao mergulhar nessas águas o turista tem a possibilidade de ter contato com mais de 150 espécies de peixes. Ali, também podem ser observadas as baleias Jubarte, que preferem as regiões mais quentes.

Fernando de Noronha (PE): apaixonados pela vida marinha do mundo inteiro procuram como destino turístico as águas do Arquipélago de Fernando de Noronha. Ali podem ser observadas, além de inúmeras espécies de peixes, também tartarugas, tubarões e golfinhos. Embora o mergulho seja a prática mais conhecida dos turistas, as belezas naturais permitem a prática de outros esportes de aventura.

 Lençóis Maranhenses/MA

Lençóis Maranhenses (MA): constitui o maior deserto de areia do Brasil com suas dunas moldadas pela ação do vento. Está constantemente se modificando e dando origem a diferentes paisagens de impressionante beleza. É sugerido contratar um guia especializado da região para conduzir um jipe que cruzará as areias de onde o turista pode observar as dunas e os lagos.

Principais roteiros de ecoturismo na Região Centro-Oeste

Chapada dos Veadeiros (GO): outra reserva natural que não pode ficar de fora do roteiro do ecoturismo brasileiro. A região localizada a cerca de 1,6 mil metros de altitude possui o Parque Nacional dos Veadeiros, considerado Patrimônio Natural Mundial, que disponibiliza cenários perfeitos para a prática do trekking, canionismo, cascading, arvorismo, mountain biking e canoagem. A Cachoeira da Água Fria e o Vale da Lua são locais de visita obrigatória para os turistas aventureiros.

A Chapada dos Guimarães (MT) é conhecida principalmente por sua riqueza arqueológica formada por pinturas e fósseis de animais pré-históricosdistribuídos entre os 50 sítios da região. Os declives, montanhas, florestas, cachoeiras e lagos permitem a prática de inúmeros esportes de aventura, o que faz deste, um dos roteiros mais procurados pelos ecoturistas.

Pantanal: abrange os estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e é considerado pela UNESCO, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura,

Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera, o que atrai turistas do mundo inteiro interessados na biodiversidade da região. Aos ecoturistas, as atrações incluem também atividades de rapel, ciclismo, canoagem, vôo livre e trilhas. Vale também passar pela cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul, para conhecer as grutas, cavernas, cachoeiras e suas famosas piscinas naturais com água límpida e transparente com peixes coloridos da fauna local.

Principais roteiros de ecoturismo na Região Norte

A Reserva de Desenvolvimento Sustentável de Mamirauá/AM: abriga uma floresta que fica inundada durante seis meses do ano. Por isso, a construção de um hotel flutuante fez todo sentido. Os turistas são recebidos por uma população consciente de seu papel na preservação da natureza local, e podem desfrutar de passeios de barco e canoa pelos igapós e da pescaria artesanal.

Escolha o destino que mais combina com sua personalidade e condicionamento físico. Saiba mais sobre as atividades para o ecoturismo.

Fique conectado conosco através da nossa página no Facebook. Curti (Like) logo abaixo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: