O verdadeiro amor: como encontrá-lo?

A procura pelo amor verdadeiro

O amor é uma questão tão antiga quanto o ser humano. Pois, apesar da cultura, do nível de educação, da religião ou do status econômico, no fundo temos os mesmos desejos básicos: amar, ser amada e ser feliz.

Pesquisas mostram que a paixão, um estado emocional eufórico, prazeroso e obsessivo com profundas alterações hormonais e cerebrais, tem grandes possibilidades de acontecer, em situações, por exemplo, com intensas emoções.

As emoções provocam reações químicas em nosso corpo

Circunstâncias como o início de um novo trabalho, sucesso na vida profissional, ganhar um prêmio, mudar de país, acabar um relacionamento, são sentimentos que provocam modificações cerebrais e hormonais, e acredita-se que podem “predispor quimicamente” a pessoa a se apaixonar e de alguma forma, suprir suas necessidades amorosas momentâneas.

Outras situações, em que se está relaxada e sem preocupações importantes, como durante viagens de férias ou praticando esportes, atividades físicas ou intelectuais, enfim algo que desperte prazer também podem ser favoráveis ao amor. Afinal, o cérebro está repleto de dopamina e endorfina, substâncias fundamentais na química da busca do amor, e que torna mais “suscetível” a provocar atração por alguém.

Mudanças de atitude para encontrar o amor

Todavia, como encontrar o verdadeiro amor? Se você realmente quer conhecer a resposta para esta questão, então esteja preparada para fazer uma viagem ao mundo do desenvolvimento pessoal.

Existem três coisas que você precisará fazer para encontrar o amor:

  • Abrir sua mente;
  • Abrir seu coração;
  • Ter disposição para mudar.

Veja a seguir as etapas para alcançar ou ao menos, tentar o objetivo amoroso.

Ame a si mesma, primeiramente

Se você não é feliz com você mesma, não será feliz ao lado de alguém. Aprenda a se aceitar e se respeitar. Frequentemente, nós procuramos por pessoas que nos completam. O ideal é que você já comece o relacionamento de forma íntegra, sem esperar que o outro preencha os seus vazios ou carências. Colocar as responsabilidades pela sua felicidade nos ombros do ser amado é desleal e injusto.

Não focalize sua vida na busca do amor

Parece ilógico, mas é verdade! O primeiro passo para encontrar o amor é não persegui-lo de forma obsessiva. Não espreite o futuro candidato em todo lugar ou situação, pois quanto mais você persegue, mais eles fogem dessa caçada desenfreada.

Aliás, a frase da peça teatral, As alegres comadres de Windsor, de William Shakespeare, sabiamente diz: “Tal como a sombra, o amor corre de quem o segue: foge, se o perseguis; se fugis, vos persegue.”

Faça atividades de que você gosta

Elabore uma lista das atividades que você gosta de fazer, por exemplo: andar de bicicleta pelas ciclovias de sua cidade especialmente nos fins de semana; ou uma caminhada no parque nas horas de maior movimento.

Pesquise lançamentos de livros e pré-estreias sobre temas que você gosta e frequente livrarias e cinemas. Faça cursos (fotografia, mecânica básica para carros, como dirigir um jipe, iniciação em golfe) planeje viagens ou comente matérias e posts de blogs sobre viagens e participe de encontros de confraternização dos grupos.

Estabeleça objetivos e seja confiante

Volte a estudar ou a fazer um curso de especialização, planeje assertivamente a evolução na sua carreira no trabalho, pare de fumar, inicie uma dieta com controle médico-nutricional para perder peso, reavalie suas despesas e gastos mensais, organize sua casa.Não esqueça: a possibilidade de encontrar alguém é maior quando você compartilha afinidades e gostos.

À medida que você investe em suas necessidades, objetivos e sonhos, estará também elevando a sua autoconfiança e autoestima. Se demonstrar mais confiança em suas atitudes, você se tornará uma pessoa mais atraente para os futuros candidatos. Parece óbvio e está comprovado pela ciência: pessoas autoconfiantes são muito mais sociáveis, atraentes e sedutoras, por isso têm mais possibilidades de encontrar novas pessoas.

Sorria!

Deixe-se levar por momentos alegres e descontraídos. Dê a você a permissão de sorrir e brincar. Tenha bom humor, principalmente, saiba rir de você mesma. Desfrute momentos de relaxamento mesmo entre os períodos mais pesados do trabalho. Presentei-se com pequenos mimos e atenções.

Enfim, saboreie a vida em todos os momentos e situações. Não se deixe paralisar pelo medo de se arriscar. Afinal, buscar verdadeiramente um amor implica sair da “zona de conforto” do seu mundinho, romper a mediocridade e estar aberta a novas possibilidades e pessoas.

Na sua opinião, na hora da paquera, quem deve tomar a iniciativa: o homem ou a mulher?

2 Responses to O verdadeiro amor: como encontrá-lo?

  1. Pingback: Tweets that mention O verdadeiro amor: como encontrá-lo? « Top Joy! -- Topsy.com

  2. Pingback: A paixão estimula a criatividade « Top Joy!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: