Como não se sentir abandonada (o)

Por Lygya Maya

De acordo com nossa interpretação se alguém que amamos sai de nossa vida, seja fisicamente, emocionalmente ou espiritualmente, fomos abandonados. Assimilando esta interpretação  e este sentimento,  temos a impressão que somos limitados por não ter conseguido manter aquele alguém perto ou  nos amando.

Para alguns, pronto, acabou o mundo. O drama toma conta da vida dessas pessoas e, por muitas vezes, as leva a extremas consequências como doenças emocionais, mentais, espirituais, físicas e até a morte.

O que podemos fazer ou pensar para que este fato não nos atinja de uma maneira catastrófica como atinge milhares de seres humanos?

Bom, vamos pensar juntos: se o sentimento produzido por nós mesmos foi criado por causa de nossa interpretação do fato, então é óbvio que temos o poder de recriar uma nova interpretação para esse fato, concorda? Essa é a chave do poder humano que muitos não usam por ignorância do próprio poder.

Esse poder de criar que temos pode tanto nos destruir quanto nos aprimorar, cabe a nós decidir onde e como focar nossa mente.

O que fazer para aprimorar nossas vidas? Podemos fazer 3 coisas:

1) Mudar a interpretação que traz sofrimento imediatamente.

Por exemplo: Qual é o oposto da interpretação que nos leva a sofrer? Que somos ilimitados e capazes de mudar a nossa vida para melhor aconteça o que acontecer. Portanto, temos as opções de pensar que:

a)      Somos fortes o suficiente para vivermos sozinhos

b)      Temos outras pessoas que nos amam e/ou amarão no futuro

c)       Há males que vem para o bem

d)      Antes só do que mal acompanhada (o)

e)      Mudança em nossa vida é sempre bom. Sabe porquê? Por que sempre poderemos aprender com isso.

2) Agir daí por diante com mais amor próprio do que antes

Por exemplo:  O que lhe traz mais alegria e felicidade na vida?

a)      Faça uma lista de situações e coisas que lhe fazem feliz

b)      Escreva um plano organizado em que essas situações e coisas possam ser parte de sua vida

c)       Organize sua vida de acordo com o plano para que sua lista seja manifestada e curtida por você.

3) Ser um eterno aprendiz

a)      O que pode ser aprendido da lição que a vida nos deu?

b)      O que fazer para não repetir a dor e o sofrimento na vida?

c)       Como seria possível ser uma pessoa tão desejável  e querida que seria difícil deixar ou se desligar?

Entendeu o raciocínio?

Podemos usar o fato de uma pessoa  sair de nossa vida como uma excelente lição para o nosso aprendizado e evolução ao invés de lástima, frustração e estresse dramático e deprimente.

A i esta a chave do poder  de um ser interpretar os fatos de uma maneira positiva visando a um resultado gratificante.

Assim sendo, o abandono (ou ausência de outrem) se torna uma experiência digna de um guerreiro ou guerreira se tornar um(a) vitorioso(a)  na batalha da realização pessoal e profissional para sempre.

Afinal de contas, você nasceu só por alguma razão.

Sua no aprendizado sobre si.

Lygya Maya

 

Pode gostar de:
Cinco dicas para nos libertar na encruzilhada da vida
Reflexão de um novo ano

 

One Response to Como não se sentir abandonada (o)

  1. Pingback: O que nos impede de alcançar a realização « Top Joy!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: